terça-feira, 29 de junho de 2010

Paradoxal


Será que nesse ponto da estrada poderiamos começar tudo de novo? Será que os quatro anos que ficamos sem nos ver, sem nos falar não diminuiram nossa cumplicidade, digo, você mudou e eu também mudei. E de repente parecemos completos estranhos. Algo desconhecido e familiar ao mesmo tempo, um paradoxo como diria minha professora de Literatura. Eu sinto como se eu não te conhecesse mais, porém, por outro lado, você sempre fecha os olhos quando está sorrindo, e isso soa tão familiar que chega a fazer meu peito doer.
Esses dias tenho me lembrado muito daquela época, tudo era tão fácil, tão simples, sabe aquela coisa de "eu era feliz e não sabia"? É mais ou menos isso. E já perdi tanto tempo desejando poder voltar para aquele tempo, mas agora as lembranças bastam. É claro que dói, às vezes, quando dá duas horas da manhã e não consigo dormir, bate uma saudade insuportável e eu vou me afogando nela aos poucos. Mas, então, finalmente chegou a hora de matar essa saudade, de subir até o topo da nossa árvore e ficar com medo de descer, de andar de pés descalços na grama molhada, de sentar na calçada no final da tarde, de comer framboesas e ficar com os dedos vermelhos, de ouvir o som agradável da tua risada, sentir teu cheiro...e quer saber, eu tou contando cada segundo.
P.s: Vou viajar sexta-feira *-* Obrigada pelo apoio nos comentários, significou muito pra mim, de verdade.

10 comentários:

  1. nossa, amiga se joga de cabeça nisso, parece que vale a pena! e quem nunca mudou na vida? Todo muundo muda! Vai fuundo *---* -torcendo
    http://babyjustalittlesecret.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Nossa, esse texto bateu o que eu estou realmente sentido. Não por um amor, mas por uma amiga. Nós mudamos, parece que a amizde esfriou, mas espero que não seja o fim. Vou lutar pra ser diferente. E mudar é um processo natural, quem não muda não evolui.

    Obrigado pela visita :)

    ResponderExcluir
  3. Tudo muda. A vida muda e nós vamos com ela.
    Sentimentos verdadeiro e fortes, ficam.
    Sobrevivem a quedas e ventos constantes.
    Vamos saborear cada milimetro do sentir e ouvir o barulho da chuva do lado de fora, como se fosse nosso ultimo momento de paz.
    Afinal, só se vive uma vez.

    ResponderExcluir
  4. AH *.*
    ótima viagem pra vc!

    Quero saber tudo hein

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Sis, tentei enviar uma msg pra vc, mas não sei por que razão ela não foi, nem pelo celular, nem pelo msn, shit. Enfim, era pra dizer que conversei com o papai sobre a viagem. Ele concordou, disse por si mesmo que eu até poderia ir sozinha. Haha. Ano que vem tou aí! Ahh, outra coisa: alineagatha@gmail.com Esse é o meu e-mail pessoal. É um e-mail sério. Não vai ser para ficar recebendo bobagem. Vou usá-lo para faculdade, para enviar arquivos importantes para pessoas que conheço pessoalmente, para vestibular, e você já entendeu, rs. Se você tiver algum texto para me mostrar, desde o blog até uma fanfic, pode enviar para ele, que eu posso corrigir, betar, dar uma opinião. Ok? Acho que vou me ferrar na prova de amanhã. Mas é a última. Vou ter um recesso e quero fazer coisas de que gosto nele. Me diga como foi a sua semana, coisas assim. Je t'aime, je t'aime, je t'aime! x3x3x3x3x3x3x3x3x3x3x3x3

    ResponderExcluir
  6. ain, que post lindo *nn* eu amei. voc escreve mega ultra bem ♥
    hey, fico mtmtmt feliz que voc possa ir aline *-* APROVEITE bastante essa viagem e o tempo pra descansar desse Brasil, haha'
    sério, aproveita muito e nao só por voc, por mim tbm.
    boa sorte por lá *-* beeeijos.

    ResponderExcluir
  7. AAH !!! e PLL é MUUUUITO bom cara ! meeesmo. eu AMEI. vou ver o 4º episódio hoje, hoho'

    ResponderExcluir
  8. Oi filhota, nossa tanto tempo sem te ver nem nada.
    Ando..Estranha por assim dizer, não sei, só sei que resolvi escrever, e criei um blog pra isso.
    http://refugiodosilencio.blogspot.com/

    visite lá se quiser, estou começando.

    Adorei sua postagem, mudar faz parte, queria aprender isso também. ._.

    ResponderExcluir
  9. Isso mesmo!Temos que mudar de opinião e mudar denovo,afinal nada é permanente, tomar decisões faz parte da vida, pois sem as deicisões que tomamos não seguiremos e nem recuaremos, mas a final será que vale mesmo a pena ocultar um sentimento para fazer com que algo mantenha-se "certo"?Bom eu sinceramente acho que não, ser feliz é o que importa!

    ResponderExcluir

O que você tem a dizer? :)